ADELITAS

NO MUSEU MEMORIAL DO RS

Amelio Robles, o primeiro transsexual do México, chegou ao posto de coronel nas tropas revoltosas. As Soldaderas (nomes das mulheres que lutavam na revolução) foram queimadas vivas por Pancho Villa.

Essas são algumas das personagens que ganham representação na exposição “Adelitas”, de Cinthya Verri, que terá seu vernissage no próximo dia 9 de março, a partir das 16h, no Memorial do RS. 

A mostra registra a produção de Cinthya inspirada nas Adelitas (ou Soldaderas), mulheres que tomaram de armas no início do século 20 para lutarem pela Revolução Mexicana (1910). 

“Adelitas” faz parte da programação que o Memorial preparou para a Semana da Mulher (detalhes em facebook.com/memorial.do.rs/). 

Além de pinturas em pano e em vidro e mosaicos, Cinthya vai expor dezenas de cabeças em tamanho natural, feitas de parafina e areia, criadas a partir de moldes colhidos de mulheres voluntárias, lembrando o sacrifício das 60 Soldaderas queimadas vivas por Pancho Villa.

Também na programação do vernissage, um pocket show em que a artista interpreta clássicos do folclore mexicano do tempo das Adelitas. 

Cinthya Verri, 38 anos, é artista visual, médica, dramaturga, escritora e comunicadora. Seja no ateliê, no consultório ou nos meios de comunicação, sua ação é marcada pela contemporaneidade e pela exploração de vieses inéditos.

Em 2017, a Andreus Galeria, em São Paulo, recebeu mosaicos, couros, gravuras e telas de sua exposição "Baby Doll - Toda Mulher pode ser uma boneca". A inspiração foram os manequins de silicone ultrarrealistas que servem para fins sexuais e a febre entre as adolescentes japonesas de se vestirem e comportarem segundo estereótipos femininos.   

SERVIÇO
Exposição “Adelitas”, de Cinthya Verri
Memorial do Rio Grande do Sul –  2° andar
Rua 7 de Setembro, 1020 – Praça da Alfândega
Contatos: memorial@sedactel.rs.gov e (51) 32247159

Vernissage
Abertura dia 9 de março (sábado), das 16h às 20h

Exposição
De 9 de março a 28 de abril – Horários: de terças a sábados, das 10h às 18h, e aos domingos, das 13h às 17h
Entrada franca

 

ADELITAS

AT THE MEMORIAL MUSEUM OF RIO GRANDE DO SUL

 

 

Amelio Robles, Mexico's first transsexual, arrived at the rank of colonel in the revolting troops. The Soldaderas (names of the women fighting in the revolution) were burned alive by Pancho Villa.

These are some of the characters that gain representation in the exhibition "Adelitas", by Cinthya Verri, which will have its vernissage on March 9, from 16h, at the Memorial of RS.

The show records the production of Cinthya inspired by the Adelitas (or Soldaderas), women who took up arms in the early 20th century to fight for the Mexican Revolution (1910).

“Adelitas” is part of the schedule that the Memorial Museum prepared for Women's Week (details on facebook.com/memorial.do.rs/).

 

In addition to cloth and glass paintings and mosaics, Cinthya will exhibit dozens of life-size paraffin and sand heads created from molds taken from volunteer women, recalling the sacrifice of the 60 live burned women soldiers by Pancho Villa.

Also in the programming of the vernissage, a pocket show in which the artist plays classics of Mexican folklore from the time of the Adelitas.

Cinthya Verri, 38, is a visual artist, doctor, playwright, writer and communicator. Whether in the studio, in the office or in the media, its action is marked by contemporaneity and the exploration of unprecedented biases.

In 2017, Andreus Galeria, in São Paulo, received mosaics, leathers, prints and canvas from its exhibition "Baby Doll - Every Woman Can Be a Doll". The inspiration was the ultra-realistic silicone mannequins that serve for sexual purposes and the fever among Japanese teenagers to dress and behave according to female stereotypes.

SERVICE
Exhibition "Adelitas", by Cinthya Verri
Rio Grande do Sul Memorial - 2nd floor
7 de Setembro Street, 1020 - Customs Square
Contacts: memorial@sedactel.rs.gov and (51) 32247159

 

Vernissage
Opening March 9th (Saturday) from 4pm to 8pm

 

Exhibition
From March 9 to April 28 - Hours: Tuesdays to Saturdays from 10am to 6pm and Sundays from 1pm to 5pm
Free entrance

MARGARITA RECIBE MARGARITA

Vídeo de Margarita Zapata em entrevista exclusiva para Cinthya Verri compõe a exposição ADELITAS. 
 

Entrevistei Margarita em sua casa, na Cidade do México durante o processo de pesquisa de ADELITAS, em 2018.

Já sabia que era neta do General Emiliano Zapata, já sabia que era uma líder política muito importante em toda a América Latina. O que eu não sabia era a beleza que eu estava por conhecer. E a transformação que este encontro iria me proporcionar.

O resultado deste trabalho, tenho a alegria de poder compartilhar com vocês. Conheça Margarita Zapata através de mim e da BASE-film. Com muito amor, convidamos vocês para assistir MARGARITA RECIBE MARGARITA. 

Este projeto é independente e conta unicamente com o apoio de pessoas como você. Contribua para a continuação do trabalho e para a realização do Catálogo de ADELITAS. Assine esta obra de arte! http://vaka.me/551345

 

MARGARITA RECIBE MARGARITA

MARGARITA RECEIVES MARGARITA

 

Video of Margarita Zapata in an exclusive interview with Cinthya Verri composes the exhibition ADELITAS.


I interviewed Margarita at her home in Mexico City during the ADELITAS research process in 2018.

I already knew she was the granddaughter of General Emiliano Zapata, I already knew she was a very important political leader in all of Latin America. What I didn't know was the beauty I was about to know. And the transformation this meeting would bring me.

The result of this work, I have the joy of being able to share with you. Meet Margarita Zapata through me and BASE-film. With much love, we invite you to watch MARGARITA RECIBE MARGARITA.

This project is independent and only supported by people like you. Contribute to the continuation of the work and to the accomplishment of the ADELITAS Catalog. Sign this work of art! http://vaka.me/551345

Patreon

ENCOMENDAS

Padrim